Valendo-se das palavras de Jesus em João 14:6 (“Eu sou o caminho, a verdade e a vida”), bem como de outras passagens das Escrituras Sagradas, “O Céu Disse Sim” tem como proposta mostrar os diferentes momentos da vida de quem passa a viver a experiencia do novo nascimento. Enfatiza o processo de início da conversão com todos os seus desafios. Não à toa o título da obra é complementado com a expressão “O Tabernáculo e a Caminhada Cristã”.

Aliás, o Tabernáculo é usado, em todo o tempo, como referência para os ensinamentos contidos neste livro. Os compartimentos desta construção, que foi ordenada por Deus a Moisés, são destacados com certa relevância: o Átrio, o Lugar Santo e o Lugar Santíssimo, bem como seus objetos. Além disso, recebem abordagem especial, até por conta de suas simbologias e significados, os acessos a estas áreas, respectivamente, a Porta do Caminho, a Porta da Verdade e a Porta da Vida.

O autor faz uma interessante analogia entre as portas de acesso de todos os ambientes do Tabernáculo e as palavras de Jesus narradas em João 14. E não se limita a isso. Aponta também os passos que devem ser dados após a experiência do Tabernáculo. Dessa maneira, “O Céu Disse Sim” é voltado a pessoas nos mais diferentes níveis na trajetória de sua vida com Deus. É, portanto, um convite a que se compreenda as etapas de tal caminhada e se viva, intensa e corretamente, cada uma delas.

Livro - O Céu Disse Sim

$5.45 USD
Livro - O Céu Disse Sim $5.45 USD
Shipping for zipcode:

Shipping Methods

Valendo-se das palavras de Jesus em João 14:6 (“Eu sou o caminho, a verdade e a vida”), bem como de outras passagens das Escrituras Sagradas, “O Céu Disse Sim” tem como proposta mostrar os diferentes momentos da vida de quem passa a viver a experiencia do novo nascimento. Enfatiza o processo de início da conversão com todos os seus desafios. Não à toa o título da obra é complementado com a expressão “O Tabernáculo e a Caminhada Cristã”.

Aliás, o Tabernáculo é usado, em todo o tempo, como referência para os ensinamentos contidos neste livro. Os compartimentos desta construção, que foi ordenada por Deus a Moisés, são destacados com certa relevância: o Átrio, o Lugar Santo e o Lugar Santíssimo, bem como seus objetos. Além disso, recebem abordagem especial, até por conta de suas simbologias e significados, os acessos a estas áreas, respectivamente, a Porta do Caminho, a Porta da Verdade e a Porta da Vida.

O autor faz uma interessante analogia entre as portas de acesso de todos os ambientes do Tabernáculo e as palavras de Jesus narradas em João 14. E não se limita a isso. Aponta também os passos que devem ser dados após a experiência do Tabernáculo. Dessa maneira, “O Céu Disse Sim” é voltado a pessoas nos mais diferentes níveis na trajetória de sua vida com Deus. É, portanto, um convite a que se compreenda as etapas de tal caminhada e se viva, intensa e corretamente, cada uma delas.